Total de visualizações de página

sábado, 4 de novembro de 2017

Ex-superintendente da Defesa Civil mata mulher em Imperatriz

Além do feminicídio, Chico do Planalto cometeu suicídio

Mulher vítima de feminicídio em Imperatriz. (Foto: Reprodução)
Nesta sexta-feira (02), por volta das 17h, Francisco das Chagas, mais conhecido por Chico do Planalto, ex-superintendente da Defesa Civil de Imperatriz, atirou contra sua ex-companheira, identificada como Maria Jeane Pereira Rodrigues, 40 anos. Chico cometeu suicídio em seguida.
Segundo informações, Jane ainda estava viva na chegada dos policiais. Ela foi atingida por três tiros, sendo, um no braço, um no peito e outro no maxilar.
A taxa de feminicídio no Brasil é a quinta maior do mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde, o número de assassinatos chega a 4,8 para cada 100 mil mulheres.
O feminicídio passou a constar no código penal em 2015, com a lei 13.140, como circunstância qualificadora do crime de homicídio. Para definir a motivação, considera-se que o crime deve envolver violência doméstica e familiar e menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário