Total de visualizações de página

quinta-feira, 30 de março de 2017

Léo Cunha reitera compromisso com Açailândia durante encontro com vereadores locais






O deputado estadual Léo Cunha (PSC) recebeu, ontem (29), em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, a visita da comitiva de vereadores de Açailândia que foram em busca de recursos para o município.


A comitiva composta pelos vereadores: Presidente da Câmara, Josibeliano Ceará (PTdoB), Fanio Mania (PRB), Evandro Gomes (DEM), Caibim (SD), Joilson Cardoso (PRB), Zé Lito (DEM) e Heliomar Laurindo (PRB) solicitaram ao deputado Léo Cunha recursos para serem investidos em saúde, educação, segurança e infraestrutura.


“Os parlamentares trouxeram reivindicações de alguns problemas que afetam a população, entre eles, a erosão da rua São Francisco com a rua Maranhão, que há anos convive com o risco de desabamento” disse o parlamentar. Na mesma região, a situação de esgoto a céu aberto é alarmante, acumulando lixo e provocando doenças, principalmente em crianças.


O grupo de vereadores também cobrou mais atenção quanto a segurança pública da cidade. De acordo com o presidente da Câmara, Ceará, o índice de violência tem assustado a população. “As pessoas quase não saem mais de suas casas à noite, pois todos os dias existem ocorrências de assaltos e violência, algo urgente precisa ser feito”, explicou o representante.


Após ouvir as reivindicações, o deputado Léo Cunha afirmou ao grupo de vereadores que junto com o deputado federal Hildo Rocha (PMDB) irá em busca de medidas emergenciais com o intuito de levar recursos para Açailândia afim de que os problemas sejam sanados.


“Reitero meu compromisso com a cidade de Açailândia me colocando à disposição para contribuir na busca desses recursos pois estamos cientes do problema. Junto com o deputado Hildo, levaremos o fato até o Governo Federal e me empenharei em levar as demandas até o Estadual, para que os recursos sejam liberados e os anseios da população sejam atendidos o mais breve possível”, declarou o deputado Léo Cunha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário